Escolas Horácio Bento Gouveia, Ponta do Sol e das Artes vão ao Parlamento dos Jovens nacional

Share Image

window.addEventListener("DOMContentLoaded", function () { (function ($) { $(document).ready(function () { MacroImage_rm5u(); }); })(jQuery); });...

STAGING
STAGING
STAGING
STAGING
X Legislatura, IV Sessão Legislativa Parlamento dos Jovens
Escolas Horácio Bento Gouveia, Ponta do Sol e das Artes vão ao Parlamento dos Jovens nacional
Parlamento-dos-jovens-01.jpg

A Assembleia Legislativa da Madeira acolheu, ontem, mais uma Sessão Regional do Parlamento dos Jovens, dedicada aos alunos do Ensino Básico, sob a temática "Combate ao insucesso escolar".

Parlamento-jovem-02.jpg

Trata-se de uma iniciativa da Assembleia da República, que decorre há 20 anos, com a colaboração do Ministério da Educação e das Secretarias Regionais que tutelam a educação e a juventude nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

A sessão de abertura foi presidida pelo Vice-Presidente do Parlamento Madeirense, Paulo Fontes, e contou com o secretário regional de Educação, Jaime Freitas, o deputado madeirense na Assembleia da República, Francisco Gomes, o diretor regional de Educação, João Estanqueiro, demais alunos e professores.

Paulo Fontes sublinhou que «é muito importante os jovens da Madeira participarem nesta iniciativa» porque «chama os jovens à participação cívica e a conhecerem o Parlamento».

Francisco Gomes foi o deputado convidado que respondeu prontamente a todas as questões colocadas pelos jovens deputados. Por entre sugestões e apelos dirigidos aos mais novos, Francisco Gomes salientou que «o Ensino é a chave para o futuro», o qual «enfrenta um paradoxo» porque «as escolas têm que fazer mais, com menos dinheiro e preparar os alunos para os desafios globais».

Ao reiterar que «as crises só se ultrapassam com a participação de todos», Jaime Freitas exclamou que «é bom saber que podemos ter esperança no futuro com jovens preparados e empenhados para encontrar o bem comum».

Os trabalhos do Parlamento dos Jovens foram presididos por Beatriz Moreira, da Escola Dr. Horácio Bento Gouveia.

Participaram também os alunos das escolas dos 2.º e 3.º Ciclos do Curral das Freiras, Fajã da Ovelha, Bartolomeu Perestrelo, Caniço, Cónego João Jacinto Andrade, Bispo D. Manuel Ferreira Cabral, D. Lucinda Andrade, Calheta, Ponta do Sol, Machico, Pe. Manuel Alves e Conservatório – Escola Profissional das Artes.

Cada escola apresentou um projeto de recomendação. Os projetos foram debatidos na generalidade, depois na especialidade tendo sido apresentadas propostas de alteração e eliminação.

O trabalho desenvolvido nesta Sessão Regional do Parlamento dos Jovens resultou numa recomendação à Assembleia da República, que poderá vir a ser posta em prática pelos deputados que lá se encontram.

Esta recomendação assenta em quatro medidas: diminuir o currículo das disciplinas e dar-lhes uma componente mais prática, incluindo o empreendedorismo, estabelecendo parcerias com empresas; reduzir a carga horária, diminuindo os tempos letivos e aumentando a frequência dos intervalos; apostar em materiais pedagógicos em suporte digital e lecionar as disciplinas mais teóricas no turno da manhã e as mais práticas no turno da tarde.

A maioria dos jovens deputados elegeu as escolas Dr. Horácio Bento Gouveia, da Ponta do Sol e das Artes e respetivos alunos para representarem a Madeira no Parlamento dos Jovens a nível nacional. Manuel Gonçalves, aluno da Escola do 2.º e 3.º Ciclos da Ponta do Sol será o porta-voz do círculo eleitoral da Madeira.

O tema mais votado para a próxima edição foi "Gravidez na adolescência». Estas propostas serão enviadas à Assembleia da República no prazo de 10 dias úteis.

Amanhã, dia 17 de março de 2015, decorre a Sessão Regional do Parlamento dos Jovens, dedicada aos alunos do Ensino Secundário, a partir das 9 horas.

Sessão de Abertura

 

Copyright © 2018-2019 ALRAM