Presidente da Assembleia defende um programa para travar a desertificação populacional e promover o desenvolvimento do norte da Madeira

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira pediu hoje, na freguesia da Ilha, no concelho de Santana, um esforço conjunto em nome do combate à desertificação populacional e ao desenvolvimento socioeconómico nos concelhos do norte da Madeira. No encerramento dos “25 anos da Semana Cultural da...

XII Legislatura, I Sessão Legislativa Presidente
Presidente da Assembleia defende um programa para travar a desertificação populacional e promover o desenvolvimento do norte da Madeira
  • IMG_8848.jpg
  • IMG_8855.jpg
  • IMG_8870.jpg
  • IMG_8873.jpg
  • IMG_8889.jpg
  • IMG_8888.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira pediu hoje, na freguesia da Ilha, no concelho de Santana, um esforço conjunto em nome do combate à desertificação populacional e ao desenvolvimento socioeconómico nos concelhos do norte da Madeira.

No encerramento dos “25 anos da Semana Cultural da Ilha”, José Manuel Rodrigues garantiu que “esta é uma minha preocupação de muitos anos que continuará muito presente nas funções que agora desempenho”. Nesse sentido, disse, “temos que elaborar um Programa para a Coesão Territorial da Região que afirme o Norte pela positiva, unindo nesse Projeto o Estado, o Governo Regional, as Câmaras, as Associações de Desenvolvimento Local, as Associações Empresariais, as Instituições de Solidariedade Social, as Escolas, as Paróquias, as Casas do Povo, numa Missão de valorização dos seus recursos associados ao Ambiente, à Agricultura e ao Turismo.” Perante os residentes da freguesia da ilha, o Presidente da Assembleia Legislativa afirmou ser necessário que “o Estado e a Região mantenham serviços públicos de qualidade nestas zonas e que o Governo Regional trabalhe, como sei que o está a fazer, na redução de custos de contexto, naturalmente superiores aos praticados no Sul, para atrair investimento privado para estas zonas e que possa apoiar mais as empresas que aqui laboram ou que aqui venham a se instalar”.

Adiantou ainda que “nos projetos com Fundos da União Europeia, o Governo Regional vai majorar em 15 por cento os investimentos que forem realizados pelas empresas dos três concelhos do Norte; que na criação de emprego as empresas das zonas de menor densidade populacional verão os apoios aumentados e que o IRC irá baixar para 12 por cento, o que constituem boas notícias que todos desejamos que possam produzir bons resultados”. Por isso salientou que “importa, ainda, que o Município e o Governo lancem medidas de apoio ao retorno dos jovens emigrados às suas origens, concedendo-lhes condições para aqui construírem as suas residências, terem emprego e aqui fazerem a sua vida.”

As ideias para reduzir o êxodo rural e revitalizar esta parte da ilha foram deixadas no último dia da Semana Cultural da Ilha. “Em nome desse desígnio regional que é voltar a ter um Norte pujante, um concelho de Santana em crescimento e uma freguesia da Ilha mais desenvolvida, que selo esse meu compromisso com V. Ex.as ofertando à Casa do Povo, em nome da Assembleia Regional, legítima representante do povo do nosso arquipélago, esta estatueta que representa os poderes judicial, executivo e legislativo. Ela é um símbolo, mas também representa para mim um compromisso do Parlamento para com todos vós, os vossos interesses e os vossos Direitos”, conclui o Presidente.

A Semana Cultural da Ilha decorreu de 24 de novembro a 1 de dezembro e ao longo de 25 anos tem sido um evento dinamizador da cultura e o palco de muitos debates socioculturais. É organizado pela Casa do Povo da Ilha e conta com o apoio da Secretaria Regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, do PRODERAM 2020 através da ADRAMA, da Câmara Municipal de Santana, da Junta de Freguesia e da Paróquia da Ilha.

José Manuel Rodrigues, Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira 01.12.2019

 

 

 

Copyright © 2018-2020 ALRAM