Parlamento da Madeira oferece 9 mil máscaras para casas de saúde, lares e associações

Share Image

Devido à pandemia e ao estado de emergência instituído para a combater, o Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira cancelou as visitas às instituições particulares de solidariedade do social (IPSS) dando continuidade ao projeto “Parlamento Mais Perto Social” com o apoio direto a estas...

XII Legislatura, I Sessão Legislativa Parlamento Mais Perto
Parlamento da Madeira oferece 9 mil máscaras para casas de saúde, lares e associações
  • Máscara.jpg

Devido à pandemia e ao estado de emergência instituído para a combater, o Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira cancelou as visitas às instituições particulares de solidariedade do social (IPSS) dando continuidade ao projeto “Parlamento Mais Perto Social” com o apoio direto a estas instituições.

Uma crise, nunca antes vista, obriga a que pela primeira vez, o parlamento madeirense redirecione o seu orçamento para a ajuda ao setor social.

As obras previstas nos espaços do parlamento, a aquisição de equipamento informático, o Projeto “Parlamento com Causas” e algumas despesas correntes foram canceladas para libertar verbas para apoiar as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) que prestam ajuda a milhares de famílias residentes no arquipélago da Madeira.

Neste contexto a Assembleia Legislativa da Madeira vai começar por oferecer 9 mil máscaras cirúrgicas para proteção dos utentes e dos funcionários das casas de saúde, lares de terceira idade e associações que se dedicam à causa social.

A distribuição das máscaras de proteção, no valor de cerca de 16 mil euros, começa a ser feita já a partir da próxima semana e vai chegar a 13 instituições que trabalham na Região.

O apoio sugerido pelo Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira tem em conta as dificuldades de tesouraria das diferentes instituições para fazer face a uma situação imprevista, como a pandemia que está a paralisar toda a economia e ameaça a organização social, não só na Região e no país, como em todo o mundo. A proposta de José Manuel Rodrigues obrigou à realocação de verbas, por parte da Secretaria-Geral do parlamento madeirense, para ajudar na causa social.

A distribuição de máscaras de proteção individual contra o novo coronavírus Covid-19 vai ser feita em duas fases de modo a que consiga acudir às necessidades imediatas destas instituições. A entrega das máscaras começará pelas Casa de Saúde de São João de Deus e a Casa de Saúde Câmara Pestana que vão receber 2.450 máscaras cada.

Para se ter uma ideia da realidade, a Casa de Saúde São João de Deus acode a cerca de 300 doentes diariamente, tem mais de duzentos funcionários. Na Casa de Saúde Câmara Pestana, que tem tido imensas dificuldades em adquirir máscaras cirúrgicas, a ajuda da Assembleia Legislativa da Madeire revela-se importante para os mais de 360 utentes e 275 colaboradores.

Depois segue-se a distribuição, em função do número de utentes e trabalhadores, pelos  Lares da Casa da Sagrada Família em Gaula, o Lar de Idosos da Fundação de Nossa Senhora da Piedade no Porto Santo, o Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família, o Lar de São Francisco, o Lar de Santo António, a Associação Casa do Voluntário, a ADENORMA -  Associação de Desenvolvimento da Costa Norte da Madeira, a ASA – Associação para o Desenvolvimento da Freguesia de Santo António e a Cáritas Diocesana do Funchal. A Casa do Povo de São Roque também é contemplada com esta ajuda de meios de proteção, assim como o Centro Social e Paroquial de São Bento, na Ribeira Brava.

 

Copyright © 2018-2020 ALRAM