Parlamento Mais Perto Social retoma visitas pelo concelho de Santana

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Manuel Rodrigues, visita na próxima terça-feira, dia 01 de setembro, pelas 11 horas, a Associação Santana Cidade Solidária. Trata-se do retomar do projeto ‘Parlamento Mais Perto Social’ que serve para o Presidente do Parlamento madeirense e o...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa Presidente
Parlamento Mais Perto Social retoma visitas pelo concelho de Santana
  • jmr.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Manuel Rodrigues, visita na próxima terça-feira, dia 01 de setembro, pelas 11 horas, a Associação Santana Cidade Solidária. Trata-se do retomar do projeto ‘Parlamento Mais Perto Social’ que serve para o Presidente do Parlamento madeirense e o seu Gabinete contactarem com as diversas Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS).

A Associação Santana Cidade Solidária (ASCS) foi criada em julho de 2002 com o propósito de dar respostas sociais no Concelho de Santana. A constituição da ASCS teve como objetivo inicial a construção de um Lar de Idosos em Santana, mas com o tempo foi ganhando dimensão, abrangendo na atualidade várias valências de apoio social. Desenvolve um conjunto de atividades que abrange áreas como: o emprego, a inclusão social, o desenvolvimento económico local, o empreendedorismo social, a saúde, a formação profissional e a cultura.

O Lar de Idosos acolhe 58 residentes, num trabalho desenvolvido em parceria com o Instituto de Segurança Social da Madeira, que incorpora o Centro de Dia de Santana que acolhe 21 pessoas. A ASCS presta também um serviço de acompanhamento a outros 23 séniores no projeto ‘Idosos em Movimento’, num trabalho a que se juntam a Secretaria Regional de Educação e a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Santana.

Ainda em parceria com o Instituto de Emprego, a ASCS acompanha, através do Polo de Emprego, 390 utentes.

Destaque para o apoio dado a 26 utentes através da Lavandaria Social, para os Serviços de Apoio Domiciliário, que chegam a 99 residentes no concelho de Santana, e para as Refeições ao Domicílio distribuídas a 100 beneficiários. 55 famílias recebem ajuda da Loja Social (111 pessoas no total) e 13 agregados familiares são apoiados, em Santana, pelo Programa de Emergência Alimentar.

Ao longo do tempo, 145 pessoas já foram abrangidas pelo Fundo de Emergência para Apoio Social (FEAS), o que corresponde a um valor entregue, até 27 de agosto de 2020, de mais de 31 mil euros.

Com o Parlamento Mais Perto Social, iniciado em janeiro deste ano, José Manuel Rodrigues já realizou onze (11) visitas a Instituições Particulares de Solidariedade Social. O projeto recomeça em setembro e ruma ao norte da Madeira para conhecer a realidade da Associação Santana Cidade Solidária e do concelho de Santana.

Copyright © 2018-2020 ALRAM