Tacógrafos e saúde em debate no parlamento madeirense

Share Image

O PSD e o CDS-PP apresentaram hoje um projeto de decreto legislativo regional que suspende por 6 meses as contraordenações por falta de tacógrafos nas viaturas pesadas. A não aplicação à Região do regime contraordenacional é pedida "até à adaptação da plataforma informática gerida pelo Instituto da...

XII Legislatura, I Sessão Legislativa Plenário
Tacógrafos e saúde em debate no parlamento madeirense
  • 1.jpg

O PSD e o CDS-PP apresentaram hoje um projeto de decreto legislativo regional que suspende por 6 meses as contraordenações por falta de tacógrafos nas viaturas pesadas. A não aplicação à Região do regime contraordenacional é pedida "até à adaptação da plataforma informática gerida pelo Instituto da Mobilidade e Transportes, que permite a emissão de cartões tacográficos de condutor".

O parlamento debateu ainda, na generalidade, dois projetos de resolução do PS, um que recomenda a criação de uma uma listagem de atribuição de produtos de apoio a pessoas com deficiência ou com incapacidade temporária e outro que solicita sobre a implementação de medidas para combater a polimedicação.

A reunião plenária de hoje foi ainda marcada pela entrada de Ana Cristina Monteiro. A deputada substitui Mário Pereira, na bancada do CDS-PP.

Reunião Plenária n.º 18 de 08.01.2020
Copyright © 2018-2020 ALRAM