Parlamento aprova recomendação para a manutenção da Linha SRS 24

Share Image

A Assembleia Legislativa da Madeira aprovou, hoje, por unanimidade o projeto de resolução do PSD que recomenda ao Governo Regional a manutenção da Linha SRS 24. “Atualmente, a linha SRS24 Madeira conta já com cerca de 8000 atendimentos, geridos por profissionais de saúde, funcionando 24 sob 24...

XII Legislatura, I Sessão Legislativa Plenário
Parlamento aprova recomendação para a manutenção da Linha SRS 24
  • Debate ALRAM5.jpg
  • Rubina Leal2.jpg
  • Elvio Jesus1.jpg
  • Lopes da Fonseca1.jpg
  • Elvio Sousa1.jpg
  • Ricardo Lume1.jpg

A Assembleia Legislativa da Madeira aprovou, hoje, por unanimidade o projeto de resolução do PSD que recomenda ao Governo Regional a manutenção da Linha SRS 24.

“Atualmente, a linha SRS24 Madeira conta já com cerca de 8000 atendimentos, geridos por profissionais de saúde, funcionando 24 sob 24 horas, a partir das instalações do Serviço Regional de Proteção Civil. Tem-se revelado eficiente na avaliação de risco, no esclarecimento de dúvidas e na disseminação de informações sobre a pandemia”, pode ler-se no diploma votado na generalidade.

“Os deputados sociais democratas consideram que “atendendo à nova realidade resultante desta pandemia, é imperativo que se mantenha este contacto preferencial e se coloque à disposição da população novos meios que permitam auxiliar e proteger a saúde e bem-estar dos cidadãos. Neste sentido, é importante que a linha SRS24, alargue o seu âmbito de atuação para além da ação sobre o COVID-19.”

Recomenda, por isso, a reconversão da “atual linha SRS24, na Linha de Saúde Regional 24 para toda a população, que vise o acompanhamento dos utentes do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira no seu domicílio em situação de doença, aconselhamento, encaminhamento, esclarecimento e orientação para o nível de cuidados de saúde adequado”.

Os deputados madeirenses aprovaram, na generalidade, o projeto de resolução que cria o centro de estudos “Ideia – Investigação e Divulgação de Estudos e Informação sobre a Autonomia”, com os votos favoráveis do PSD, do CDS-PP e do PS. O deputado único do PCP votou contra e o JPP absteve-se.

Aprovado foi ainda o projeto de proposta de Lei à Assembleia da República, de autoria do CDS-PP, de “alteração do regime de seguro social voluntário a fim de permitir a admissão de portugueses residentes na diáspora”. Todos os partidos, à exceção do PCP que esteve contra, votaram a favor.

Reunião Plenária n.º 65 de 16.07.2020
Copyright © 2018-2020 ALRAM