Revoltas e motins reavivam as memórias da história que foi também de luta por mais autonomia

Share Image

“Revoltas e Motins na História da Madeira e do Porto Santo” é o título de uma exposição encenada que aconteceu esta quinta-feira no parlamento madeirense. A narrativa, de autoria de Margarida Jardim, nasce do encontro entre a História, as artes plásticas e o teatro, contemplando uma exposição...

XII Legislatura, I Sessão Legislativa Exposição
Revoltas e motins reavivam as memórias da história que foi também de luta por mais autonomia
  • 74403933_1176329279397985_3219703124709447159_o.jpg
  • 107513286_1176328459398067_1190434364028973795_o.jpg
  • 107531825_1176329229397990_1117929744887049137_o.jpg
  • 107548178_1176328162731430_4223798577836815176_o.jpg
  • 107701676_1176334246064155_2593376826519483102_o.jpg
  • 107730513_1176333622730884_7977103786240233683_o.jpg
  • 107768902_1176333609397552_1943319708641348310_o.jpg
  • 107815806_1176331789397734_2115517713944083112_o.jpg
  • 107825534_1176331676064412_311604188736636141_o.jpg
  • 107826572_1176331899397723_4684629830256978572_o.jpg
  • 107865260_1176334336064146_2893216508532094990_o.jpg
  • 108156747_1176331819397731_4331195689615432950_o.jpg
  • 107503682_1176328629398050_6794356775427787456_o.jpg
  • 107499406_1176328679398045_4027659032703345042_o.jpg
  • 107488059_1176329266064653_6711687131063983693_o.jpg
  • 107460313_1176328956064684_8060915227927848511_o.jpg
  • 107460307_1176328539398059_8713928555127819412_o.jpg
  • 107418460_1176328549398058_8135048555344120026_o.jpg
  • 82310959_1176328796064700_281678790415533011_o.jpg
  • 107321275_1176329492731297_6600709352759341663_o.jpg

“Revoltas e Motins na História da Madeira e do Porto Santo” é o título de uma exposição encenada que aconteceu esta quinta-feira no parlamento madeirense. A narrativa, de autoria de Margarida Jardim, nasce do encontro entre a História, as artes plásticas e o teatro, contemplando uma exposição dramatizada e um momento de tertúlia protagonizado por Alberto João Jardim, Guilherme Silva, Marcelino de Castro e Emanuel Janes.

O projeto congrega Pintura, Teatro e Tertúlias e percorreu até ao presente quatro sedes de Concelho: São Vicente, a 7 de Junho; Funchal, a 12 de Julho; Porto Santo, a 25 de Outubro; e Ribeira Brava, a 27 de Novembro. E a 09 de julho de 2020 foi a vez da Assembleia Legislativa da Madeira ser o palco para lembrar as oito convulsões político-sociais de cariz popular: o Motim dos Profetas – 1533; a Fortaleza e os Castelhanos na Madeira – Finais Séc. XVI até meados Séc. XVII; a Revolta da Pedrada – 1868; os Motins da Parreca (Paróquias) – 1887; o Motim da Cólera (Cholera Morbus) – 1894; a Revolta da Farinha – 1931; a Revolta da Madeira – 1931; e a Revolta do Leite – 1936.

Isabel Resende, de 90 anos, foi apresentada pela a artista plástica como uma testemunha viva da Revolta do Leite, ocorrida em 1936. Com apenas seis anos, esta sobrinha do líder da revolta, transportou cartas por debaixo dos saiotes para os presos.

As Representações Teatrais dramatizam poética e retoricamente o que está na génese de cada uma das obras plásticas, com dramaturgia, encenação e representação de Eduardo Luíz - ator e encenador, e Filipe Luz - ator e Professor das Artes do Espetáculo.

No final a encenação foi complementada com uma tertúlia onde participaram Alberto João Jardim, que foi Presidente do Governo Regional de 1978 a 2015; Guilherme Silva, que foi Vice-Presidente da Assembleia da República e é Presidente da Comissão Executiva para a Celebração dos 600 Anos; Emanuel Janes e Marcelino de Castro, no âmbito da História, da Cultura e das Mentalidades.

Exposição Encenada (audio)
Revoltas e Motins na História da Madeira (vídeo)
Tertúlia (Parte I)
Tertúlia (Parte II)
Revoltas e Motins na História da Madeira

 

 

Copyright © 2018-2020 ALRAM