Associação Presença Feminina atendeu cerca de 8 mil vítimas de violência em 10 anos

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira visitou, hoje, a Associação Presença Feminina que entre 2009 e 2019 atendeu 7969 vítimas de violência, na Madeira. José Manuel Rodrigues enaltece o “trabalho extraordinário no apoio às mulheres e a outras pessoas que são vítimas de violência, quer...

XII Legislatura, I Sessão Legislativa Parlamento Mais Perto
Associação Presença Feminina atendeu cerca de 8 mil vítimas de violência em 10 anos
  • 3.jpg
  • 2.jpg
  • 4.jpg
  • 1.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira visitou, hoje, a Associação Presença Feminina que entre 2009 e 2019 atendeu 7969 vítimas de violência, na Madeira. José Manuel Rodrigues enaltece o “trabalho extraordinário no apoio às mulheres e a outras pessoas que são vítimas de violência, quer doméstica quer de outro tipo”. Neste momento a associação acompanha 123 casos de violência doméstica e no ano passado deu apoio Jurídico, psicológico e social a 973 pessoas.

A associação gere uma Casa de Abrigo que tem como objetivo receber as mulheres vítimas de maus tratos e os filhos menores que se encontrem em situação de perigo iminente e sem uma alternativa de habitação.

José Manuel Rodrigues considera que “temos uma luta pela frente que é cultural” e por isso diz ser urgente “mudar mentalidades”. Uma das preocupações do Presidente do parlamento madeirense tem a ver com a desigualdade salarial que existe em Portugal entre homens e mulheres. “Se a violência doméstica, se a violência sobre os idosos, sobre as crianças é inaceitável (…), a desigualdade salarial (…) pode ser, por meios legais, claramente corrigida quer pelo Estado quer pelas empresas, e é isso que tem que ser feito com a maior brevidade possível”, afirmou.

O Presidente do principal de órgão de governo próprio destaca ainda os apoios da Associação Presença Feminina às pessoas dos países africanos de expressão portuguesa que vivem na Região e às mulheres da Guiné-Bissau, “construindo trabalho para essas pessoas, para que elas se possam emancipar economicamente e contribuindo assim também para uma igualdade de género, e para que as mulheres deixem de ser dependentes economicamente dos homens e reduzindo também assim as violências que isso provoca”, vincou.

A visita à Associação Presença Feminina insere-se no projeto Parlamento Mais Perto Social, da Assembleia Legislativa da Madeira.

José Manuel Rodrigues, Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira 04.03.2020
Copyright © 2018-2020 ALRAM