Trabalho de apoio aos deficientes é um orgulho para todos e um exemplo nacional, afirma Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira disse hoje que o trabalho de apoio aos deficientes realizado pela Secretaria Regional da Inclusão Social e Cidadania “orgulha a Madeira e os Madeirenses”. As afirmações foram proferidas na inauguração de duas exposições no átrio do parlamento...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa Exposição
Trabalho de apoio aos deficientes é um orgulho para todos e um exemplo nacional, afirma Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira
  • 2.jpg
  • 3.jpg
  • 4.jpg
  • 5.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira disse hoje que o trabalho de apoio aos deficientes realizado pela Secretaria Regional da Inclusão Social e Cidadania “orgulha a Madeira e os Madeirenses”. As afirmações foram proferidas na inauguração de duas exposições no átrio do parlamento madeirense que assinalam o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.

“Temos vindo a constatar que os cidadãos portadores de deficiência são cidadãos de pleno direito na Região Autónoma da Madeira. “Somos um exemplo para o país naquilo que deve ser uma política de apoio à deficiência e do que deve ser uma política de inclusão social dessas mesmas pessoas”, realçou o Presidente do parlamento madeirense.

Já a Secretária Regional de Inclusão Social e Cidadania garantiu que a “proteção, o acompanhamento e a inserção da pessoa com deficiência” fazem parte dos objetivos estratégicos do Governo Regional. A abertura do Centro de Inclusão Social da Madeira, em 2019, é, na opinião de Augusta Aguiar “uma obra que colocou a nossa Região na linha da frente” das sociedades inclusivas. O espaço dá oferece melhores condições de vida aos utentes e a “maior dignidade possível, tanto aos utentes como às suas famílias”, garantiu.

O Centro de Inclusão Social da Madeira em colaboração com o CAO Santana organizou uma exposição na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, numa simbiose perfeita entre os projetos artísticos, “MKM” e “Azulejos com História”.

“O “MKM” é um projeto artístico desenvolvido com a colaboração dos utentes dos Centros de Atividades Ocupacionais nas várias áreas criativas (madeiras, papel, artes criativas, têxteis, cerâmica e costura), “com inspiração nos trabalhos dos artistas Miró, Kadinsky e Mondrian, tendo como principal objetivo, promover e divulgar a arte, e o potencial artístico das pessoas com deficiência”, pode ler-se na nota informativa do Instituto de Segurança Social da Madeira. O projeto “Azulejos com História” baseia-se no trabalho realizado “pelo Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) de Santana, que desde o ano de 2015, tem vindo a integrar o Projeto Nacional SOS Azulejo, tendo por base, a preservação, divulgação e o gosto pelo Património Azulejar Português”. É composta por “alguns dos trabalhos de azulejaria com temáticas dos costumes e tradições madeirenses e dos monumentos (Igrejas, capelas e solares) dos concelhos de Santana, Machico e Santa Cruz.

A cerimónia de inauguração foi marcada pela apresentação do vídeo clipe “Somos Um”, que retrata as atividades desenvolvidas com os utentes do Centro de Inclusão Social da Madeira.

As duas exposições estarão patentes ao público até ao final do ano no átrio do parlamento madeirense. A entrada é livre.

 

Videoclip - Centro de Inclusão Social da Madeira
Exposição dos projetos MKM e Azulejos com História (vídeo)
José Manuel Rodrigues, Presidente ALRAM (áudio)
Augusta Aguiar, Secretária da Inclusão Social e Cidadania (áudio)
Copyright © 2018-2021 ALRAM