Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira propõe um reforço do investimento em sete áreas da Educação

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira mostrou-se hoje preocupado com a taxa de abandono escolar precoce na Região e pediu a continuação da aposta na qualidade da educação. José Manuel Rodrigues falava nas Jornadas Madeira 2020, realizadas no Fórum Machico, dedicadas ao “Futuro da...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa Conferência
Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira propõe um reforço do investimento em sete áreas da Educação
  • 1.jpg
  • 2.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira mostrou-se hoje preocupado com a taxa de abandono escolar precoce na Região e pediu a continuação da aposta na qualidade da educação.

José Manuel Rodrigues falava nas Jornadas Madeira 2020, realizadas no Fórum Machico, dedicadas ao “Futuro da Educação”.

O Presidente do principal órgão de governo próprio da Região começou por dizer que “é inegável que a Madeira e o país deram passos significativos na Educação nas últimas décadas”, no entanto afirmou que “na Região, conseguimos, entre 2013 e 2019, baixar para cerca de metade a taxa de abandono escolar precoce de educação e formação. Mas os ainda cerca de 14% não nos devem deixar abrandar os esforços desenvolvidos. Temos de ser exigentes”, vincou.

“Relativamente à taxa de abandono escolar precoce de educação e formação, o compromisso dos países da União Europeia é de reduzir essa taxa para valores da ordem dos 10%, mas a nossa ambição deve ir mais além e devemos trabalhar para ficarmos em linha com os países europeus da linha da frente destes indicadores”.

José Manuel Rodrigues lembrou que a Madeira “investe, anualmente, 350 milhões de euros na Educação, valor superior, proporcionalmente, ao que custa o sistema educativo no plano nacional”.  Afirmou ainda que “o problema não está na falta de dinheiro, mas na sua aplicação, bem como noutras causas, nomeadamente a falta de responsabilidade das famílias na educação dos filhos, o ensino massificado e sem tempo para atender às necessidades de aprendizagem de cada aluno, os currículos extensos, a insuficiência de oferta de cursos técnico-profissionais e deficiências na formação contínua de professores.”

Perante estes dados e esta realidade o Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira sugere o reforço do investimento em sete áreas da Educação.

“Em primeiro lugar tem de continuar a haver um enorme enfoque político no reforço do combate ao abandono escolar precoce, uma vez que na sua origem estão razões económicas e culturais relacionadas com a pobreza estrutural das famílias”.

Depois sugere o “realocar os recursos humanos, agora que a frequência escolar é menor, bem como criar novos currículos adaptados e novas estratégias de ensino para as crianças e jovens com problemas de aprendizagem”.

Como terceira medida, propõe uma maior aposta “em cursos profissionais de nível secundário e de nível superior adequados às carências presentes e às necessidades futuras do mercado regional”.

Aponta ainda a necessidade de “aproveitar as boas experiências efetuadas em estabelecimentos de ensino madeirenses, que reduziram as taxas de abandono e daí tirar as devidas ilações para toda a Região”.

José Manuel Rodrigues entende também que é preciso dar “mais autonomia às escolas e competências aos docentes e formadores para adequarem currículos e metodologias, diversificando estratégias inovadoras com base em recursos tecnológicos e artísticos, tornando as aulas mais interessantes”.

Em sexto lugar, José Manuel Rodrigues afirma que “é crucial ter uma formação contínua para todos os ativos ao longo da vida, pois a isso obrigam as mudanças e as evoluções do mercado de trabalho.”

A finalizar sugere a conclusão da “digitalização das nossas escolas para tornar a aprendizagem mais apelativa e acompanhar a revolução tecnológica”.

O Presidente do parlamento madeirense afirma ser “óbvio que temos um grave problema de qualificação dos nossos recursos humanos, de trabalhadores, mas também de empresários, o que constitui um dos principais problemas do país e da Região, que precisa de ser atalhado com determinação e rapidez, pois a sua persistência é uma das causas do nosso atraso económico e social”.

“O nosso principal recurso são as pessoas e só com ativos bem qualificados poderemos ter um crescimento equilibrado e um desenvolvimento sustentável, como se pretende para a comunidade madeirense”, concluiu.

  

A vitória sobre a pandemia depende de todos nós

A intervenção de José Rodrigues na Jornadas Madeira 2020, realizadas no concelho de Machico, começou com uma nota ao Dia de Luto Nacional, hoje assinalado.

“Neste dia de Finados, o nosso Pesar por todos aqueles que morreram vítimas desta pandemia e a nossa solidariedade para as suas famílias, amigos e colegas que os viram partir de forma inesperada”, disse.

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira aproveitou o momento para mostrar, ainda, a “sentida Solidariedade a todos os profissionais da Saúde, médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes operacionais, bombeiros, forças de socorro que continuam, incansavelmente, a salvar vidas e a tratar os que lutam contra este vírus que nos atormenta há oito meses”.

Prestou também uma “merecida Homenagem a todos os operários, patrões, empregados, empresários, funcionários públicos, governantes, autarcas, alunos, professores, agricultores, pescadores, sacerdotes, militares, jornalistas, polícias, bombeiros, ajudantes domiciliárias, elementos da segurança social, voluntários e profissionais de várias áreas que trabalham para manter o abastecimento dos bens essenciais e os serviços públicos a toda a população e manter alguma normalidade na nossa vida”.

O Presidente do parlamento madeirense salientou que esta é também uma oportunidade “para tomarmos a consciência de que a vitória sobre esta pandemia depende de nós, depende de cada cidadão cumprir as regras de proteção social e coletiva, prevenindo a transmissão do vírus e a sua propagação”.

José Manuel Rodrigues pediu atenção para a necessidade de redobrar a proteção nas nossas escolas, onde alguns alunos já testaram positivo, já são espaços de grande circulação de pessoas que impõem grandes cuidados”.

Jornadas Madeira 2020 - Machico (vídeo)

 

José Manuel Rodrigues, Presidente da ALRAM (áudio)

 

Copyright © 2018-2020 ALRAM