Dia Mundial das Artes: Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira releva o “trabalho notável” realizado pelas escolas da Região

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira presidiu, esta quinta-feira, à cerimónia de abertura da primeira edição da exposição resultante do concurso “Pequenos Artistas Plásticos da Madeira”, uma iniciativa promovida pela Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia (SRE), através...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa ExposiçãoExposição
Dia Mundial das Artes: Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira releva o “trabalho notável” realizado pelas escolas da Região
  • 1.jpg
  • 2.jpg
  • 3.jpg
  • 4.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira presidiu, esta quinta-feira, à cerimónia de abertura da primeira edição da exposição resultante do concurso “Pequenos Artistas Plásticos da Madeira”, uma iniciativa promovida pela Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia (SRE), através da Direção Regional de Educação (DRE) – Direção de Serviços de Educação Artística (DSEA), que teve como palco o átrio do parlamento madeirense. No seu discurso, José Manuel Rodrigues começou por felicitar os três primeiros classificados, Francisca de Maria Oliveira, João Tiago Rodrigues e Diego Sambrano, bem como os professores, encarregados de educação e todos quantos se envolveram no projeto, sublinhando que este constitui “um bom exemplo do percurso que tem sido feito, em termos de educação, na Madeira”. O Presidente notou, ainda, que, durante os anos em que foi deputado à Assembleia da República e membro da Comissão de Educação, pôde testemunhar “o quanto se aprecia, a nível nacional, ainda hoje, a forma como se trabalha nas nossas escolas”, aspeto que, no seu entender, se deve ao trabalho que vem sendo desenvolvido pela Secretaria Regional de Educação, pelo Governo Regional e respetivas equipas, e também ao empenhamento de alunos, professores e encarregados de educação em prol de um modelo de ensino que aposta na vertente artístico-cultural do processo formativo das crianças e dos jovens. “Um exemplo para o todo nacional e para a própria União Europeia”, acrescentou, fazendo questão de lembrar a resiliência e o espírito de entrega que, sobretudo no atual contexto de crise sanitária, fazem a diferença. “Mesmo num ano de pandemia, foi possível realizar esta exposição e nunca parar o sistema educativo”, vincou, deixando uma palavra de alento a todos os responsáveis pelo feito. O Secretário Regional de Educação reafirmou, por sua vez, que “as artes são um dos marcos do nosso sistema educativo”, enquanto impulsionadoras de “competências fundamentais” como “a criatividade, a inovação e a capacidade de desenvolver talentos e motivações”. Segundo Jorge Carvalho, é este “enquadramento global” que a dimensão artística propicia, dotando as crianças e os jovens de uma mundividência que lhes permitirá abraçar “um futuro promissor”.

O governante felicitou os vencedores e os demais participantes, enaltecendo o trabalho das escolas que, sob orientação da equipa da Direção de Serviços de Educação Artística, deu origem a esta primeira edição de um evento que será para continuar. “O facto de estarmos aqui hoje é a prova de que somos capazes de enfrentar as dificuldades e mantermo-nos no rumo”, disse, terminando a sua intervenção com um agradecimento à Assembleia Legislativa pelo acolhimento da exposição, um gesto que, de acordo com Jorge Carvalho, traduz bem “a proximidade” entre o parlamento e os cidadãos. A cerimónia culminou com um momento musical da responsabilidade do Conservatório Escola Profissional das Artes da Madeira, protagonizado pelo aluno/cantor Francisco Catanho, que interpretou a obra Caro mio ben, de Giordano, acompanhado ao piano pelo professor Melvin Bird, sob orientação do professor e tenor Alberto Sousa.

“Pequenos Artistas Plásticos da Madeira” reúne 30 obras, assinadas por alunos das escolas do 1.º ciclo do ensino básico da Região Autónoma da Madeira, selecionadas pelo júri de entre 53 candidaturas. Os três primeiros classificados receberam um prémio patrocinado pelo Grupo Pestana e foram ainda agraciados com um troféu. A Papelaria ABC também apoiou a iniciativa, fornecendo a telas. A coletiva ficará patente no átrio da Assembleia Legislativa até ao próximo dia 22 de abril, podendo também ser visitada numa galeria virtual, disponível em https://www.artsteps.com/view/603ceac049560a4a331daf0f.

 

Sobre o Dia Mundial das Artes:

O Dia Mundial das Artes é uma comemoração instituída pela International Art Association (IAA), em 2012, e assinala-se a 15 de abril, dia do nascimento do artista italiano Leonardo da Vinci. O Conselho Executivo da UNESCO decidiu apoiar a iniciativa e determinou que o Dia Mundial das Artes seria comemorado oficialmente a partir de 2020. O objetivo desta efeméride é promover a consciência da atividade artística e celebrar as belas-artes em todo o mundo.

José Manuel Rodrigues, Presidente ALRAM (áudio)
Jorge Carvalho, Secretário de Educação, Ciência e Tecnologia (áudio)
Natalina Santos, Diretora de Serviços de Educação Artística (áudio)
Copyright © 2018-2021 ALRAM