Parlamento debate recomendações para a criação de centro de dia para toxicodependentes e para o estudo da população idosa da Madeira

Share Image

A Assembleia Legislativa da Madeira debateu, hoje, um Projeto de Resolução do PS que  “Recomenda a criação de um Centro de atendimento e orientação de pessoas com dependência de substâncias aditivas - Centro de Dia”. Uma infraestrutura justificada com a necessidade de responder ao aumento de casos...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa PlenárioPlenário
Parlamento debate recomendações para a criação de centro de dia para toxicodependentes e para o estudo da população idosa da Madeira
  • 0.jpg
  • 4.jpg
  • 2.jpg
  • 5.jpg
  • 1.jpg
  • 3.jpg

A Assembleia Legislativa da Madeira debateu, hoje, um Projeto de Resolução do PS que  “Recomenda a criação de um Centro de atendimento e orientação de pessoas com dependência de substâncias aditivas - Centro de Dia”. Uma infraestrutura justificada com a necessidade de responder ao aumento de casos de toxicodependência e com o vazio criado com o encerramento do Centro de Saúde de Santiago.

O grupo parlamentar do Partido Socialista pede ao Governo Regional um centro que concentre “unidades de tratamento e reinserção social dos utentes, privilegiando, sempre que possível, a cooperação com outras entidades públicas, nomeadamente Câmaras Municipais ou com entidades particulares, a fim de se alcançar uma resposta concertada aos problemas advenientes do consumo de substâncias aditivas por parte da população”.

O plenário, do parlamento madeirense, analisou ainda outro Projeto de Resolução do PS que sugere a “Caracterização das Pessoas Idosas na RAM”. O deputados socialistas dizem desconhecer “a existência de um levantamento regional recente sobre as características e necessidades das pessoas idosas” e por isso recomendam “ao Governo Regional que, através da Secretaria Regional da Saúde e Proteção Civil, em articulação com a Secretaria Regional da Inclusão Social e Cidadania e com a colaboração das Instituições de Ensino Superior de Enfermagem da RAM, promova um estudo de âmbito regional, visando a caracterização das pessoas idosas, particularmente no que se refere ao estado de saúde, funcionalidade, qualidade de vida, bem-estar, níveis de dependência (física e mental) e rede social de apoio (formal e informal) de que efetivamente dispõem”.

Reunião Plenária n.º 44 10.02.2021 (áudio)
Copyright © 2018-2021 ALRAM