Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira saúda jornalista Celina Faria pela vitória em prémio de jornalismo

Share Image

A jornalista Celina Faria da Antena 1 Madeira foi saudada pelo Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira por ter ganho o primeiro prémio de jornalismo 'Os direitos da Criança em Notícia", na categoria rádio. A saudação foi brindada com uma salva de palmas por todos os deputados presentes no...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa PlenárioPlenário
Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira saúda jornalista Celina Faria pela vitória em prémio de jornalismo
  • Celina Faria2.jpg

A jornalista Celina Faria da Antena 1 Madeira foi saudada pelo Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira por ter ganho o primeiro prémio de jornalismo 'Os direitos da Criança em Notícia", na categoria rádio. A saudação foi brindada com uma salva de palmas por todos os deputados presentes no hemiciclo.

'Escola sem abraços' é o nome grande reportagem premiada. O trabalho foi sonorizado por Paulo Reis retrata as novas rotinas e limitações para os estudantes e professores, dentro e fora das salas de aula.

"Escola sem abraços" é a “primeira grande reportagem a ser traduzida para língua gestual portuguesa, por iniciativa da Escola Básica do Professor Eleutério de Aguiar”, destacou José Manuel Rodrigues. A reportagem foi emitida na Antena 1 Madeira e na Antena 1 nacional a 20 de outubro de 2020.

Na agenda parlamentar, os deputados madeirenses debateram o projeto de resolução, do PS, intitulado "Integração da Ilha do Porto Santo na Rede Internacional das Biorregiões (INNER – International Network of Eco Regions). A recomendação foi rejeitada com os votos contra do PSD e do CDS-PP e os votos a favor do PS, do JPP e do PCP. Votação que foi repetida no projeto de resolução, do PCP, sobre “Valorização dos Poios na Região Autónoma da Madeira”.

A Assembleia Legislativa da Madeira aprovou na generalidade a proposta de decreto legislativo regional que "aplica à Região Autónoma da Madeira o regime de execução do acolhimento familiar previsto no Decreto-Lei n.º 139/2019, de 16 de setembro” e a “proposta de decreto legislativo regional intitulada que “plica à Região Autónoma da Madeira o regime de execução do acolhimento residencial. previsto no Decreto-Lei n.º 164/2019, de 25 de outubro”, com a abstenção do JPP e os votos favoráveis dos restantes partidos representados no parlamento madeirense.

Saudação jornalista Celina Faria (vídeo)
Reunião Plenária n.º 79 de 09.06.2021 (áudio)

 

 

Copyright © 2018-2021 ALRAM