Parlamento Jovem Regional debateu a “Segurança Social”

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira afirmou hoje, na abertura da Sessão Plenária do “Parlamento Jovem Regional 2021”, que o envelhecimento populacional coloca grandes desafios e põe em causa a sustentabilidade da “Segurança Social”, o tema trazido ao parlamento madeirense por 16...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa Parlamento Jovem RegionalParlamento Jovem Regional
Parlamento Jovem Regional debateu a “Segurança Social”
  • Parlamento Jovem Regional.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira afirmou hoje, na abertura da Sessão Plenária do “Parlamento Jovem Regional 2021”, que o envelhecimento populacional coloca grandes desafios e põe em causa a sustentabilidade da “Segurança Social”, o tema trazido ao parlamento madeirense por 16 escolas do 3.º ciclo do ensino básico. “Portugal é o segundo país mais envelhecido da Europa, o sexto mais envelhecido do Mundo e o oitavo com maior esperança de vida à nascença”, vincou José Manuel Rodrigues. “Como vamos ter dinheiro para pagar o Estado social, para pagar as pensões e reformas?” questionou o Presidente do parlamento madeirense, explicando ainda que é no balanço entre reformas e impostos, e entre gerações, que se faz a “sustentabilidade da segurança social”. Por isso disse ser urgente pensar na “reforma da segurança social para a tornar mais sustentável e para não haver um conflito de gerações”, com “os idosos a acusar os jovens de terem menos filhos e os jovens a acusarem os mais velhos” de serem um fardo social, “por terem cada vez mais anos de vida”.

José Manuel Rodrigues começou por explicar aos estudantes que a “Autonomia é uma aspiração secular do povo da Madeira e do Porto Santo, que foi traduzida, do ponto de vista da implantação da democracia, a 25 de abril de 1974” e mais tarde, posta em prática na Constituição de 1976.

A 27 de junho de 1976 realizaram-se as primeiras eleições regionais e o primeiro parlamento da Madeira abriu portas a 19 de julho, do mesmo ano.

O Diretor Regional de Educação, Marco Gomes, destacou “a pertinência educativa da iniciativa (Parlamento Jovem Regional), uma vez que é um contributo para a formação pessoal e social” dos jovens. “O desenvolvimento da capacidade de expressão, de argumentação, de debate, e a capacidade de olhar para a diferença e respeitar a diferença”, foram outras das mais valias salientadas pelo diretor regional.

Trinta e dois alunos do 3.º ciclo do ensino básico da Madeira participaram na sessão plenária do Parlamento Jovem Regional, que decorreu esta tarde na Assembleia Legislativa da Madeira.

A iniciativa da Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, através da Direção Regional de Educação, foi subordinada ao tema “Segurança Social”.  Os “jovens deputados por um dia” tiveram a oportunidade de colocar questões aos deputados representantes grupos parlamentares do PSD, PS, CDS-PP, JPP e ao deputado único do PCP.

O Projeto Parlamento Jovem Regional é uma iniciativa da Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, em parceria com a Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, que pretende promover a educação para a cidadania, promover nos jovens o debate democrático e o respeito pela diversidade de opiniões, incentivar os jovens para uma participação cívica e política mais ativa, bem como sublinhar a importância da sua contribuição para a resolução de questões que afetam o seu presente e o futuro individual e coletivo, fazendo ouvir as suas propostas junto dos órgãos do poder político.

Parlamento Jovem Regional de 07.05.2021 (VÍDEO)
Parlamento Jovem Regional 07.05.2021 (áudio)
Copyright © 2018-2021 ALRAM