Debatida recomendação para a compra de equipamentos que melhorem a operacionalidade do aeroporto da Madeira

Share Image

A Assembleia Legislativa da Madeira debateu, hoje, o Projeto de Resolução do PSD «Para que o Governo da República concretize, através da NAV Portugal, a aquisição e instalação, no Aeroporto Internacional da Madeira - Cristiano Ronaldo, dos equipamentos identificados, em março de 2019, no “Wind...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa PlenárioPlenário
Debatida recomendação para a compra de equipamentos que melhorem a operacionalidade do aeroporto da Madeira
  • Plenário ALRAM.jpg

 

A Assembleia Legislativa da Madeira debateu, hoje, o Projeto de Resolução do PSD «Para que o Governo da República concretize, através da NAV Portugal, a aquisição e instalação, no Aeroporto Internacional da Madeira - Cristiano Ronaldo, dos equipamentos identificados, em março de 2019, no “Wind Study Group”». Os sociais democratas destacam “as condições meteorológicas adversas têm provocado diversos problemas de inoperacionalidade no Aeroporto Internacional da Madeira - Cristiano Ronaldo” para dizer que “hoje, mais do que nunca, urge proceder à aquisição e instalação dos equipamentos, nos termos do que havia sido concluído em abril de 2019, por ser essa, objetivamente, a solução que permitirá, à Região Autónoma da Madeira, ultrapassar os constrangimentos operacionais que se verificam, quase todos os meses, no Aeroporto da Madeira”.

Os deputados madeirenses debateram ainda um Projeto de Resolução do PS que pede um «Apoio extraordinário de natureza compensatória aos pequenos empresários e comerciantes das freguesias do Paul do Mar e Jardim do Mar», pelas perdas de faturação devido ao encerramento e condicionamento de trânsito da estrada regional nº 223, enquanto estiver em execução a empreitada de construção da variante à estrada regional”.

O PCP apresentou também o Projeto de Resolução a recomendar ao Governo da República o “Reforço da capacidade de resposta da ajuda domiciliária”. O deputado único solicita a “contratação dos trabalhadores necessários ao suprimento das dificuldades sentidas em contexto de pandemia, motivadas designadamente por redução de pessoal em situação de doença por contágio com COVID-19, ou em isolamento profilático, em particular, no quanto se reporta à prestação de ajuda domiciliária”. Pede uma “resposta pública e dote adequadamente a Região Autónoma da Madeira, mais ainda em tempo de pandemia e, por consequência, de acrescidas necessidades de resposta social, do número de profissionais para se fazer face às urgentes necessidades de ajuda domiciliária”. O documento recomenda ainda um reforço da “capacidade de resposta pública da rede de ajuda domiciliária garantida pelo Instituto de Segurança Social da Madeira – ISSM, IP-RAM, através do aumento do número de contratações, por forma a dotar a Região Autónoma da Madeira com pelo menos um total de mais 200 trabalhadoras da ajuda domiciliária”.

Reunião Plenária n.º 54 de 16.03.2021 (áudio)

 

Copyright © 2018-2021 ALRAM