Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira apoia a Aliança pela Coesão da União Europeia

Share Image

Na véspera da reunião do Conselho Europeu, que decorre nos dias 25 e 26 de março, a Aliança pela Coesão, uma aliança entre toda a UE, conta com 12.000 signatários que defendem uma política de coesão mais forte após 2020 e exorta os Estados-Membros a trabalharem em parceria com as autoridades locais...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa CALRECALRE
Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira apoia a Aliança pela Coesão da União Europeia
Aliança de Coesão da União Europeia pugna por um maior envolvimento das regiões nos planos de recuperação pós COVID-19
  • 1_José Manuel Rodrigues_GC.jpg

Na véspera da reunião do Conselho Europeu, que decorre nos dias 25 e 26 de março, a Aliança pela Coesão, uma aliança entre toda a UE, conta com 12.000 signatários que defendem uma política de coesão mais forte após 2020 e exorta os Estados-Membros a trabalharem em parceria com as autoridades locais e regionais em prol da conceção, implementação e gestão dos planos nacionais de recuperação e resiliência. A Aliança pela Coesão também insta os parlamentos nacionais a ratificarem a decisão sobre os recursos próprios o mais rapidamente possível, permitindo à Comissão Europeia contrair empréstimos até 750 mil milhões de euros nos mercados de capitais, para fazer face aos efeitos negativos da crise COVID-19. Alertam, ainda, os líderes da UE contra uma competição por vacinas que aumentaria as desigualdades entre as regiões, cidades e aldeias europeias.

 Sobre a Aliança pela Coesão

A Aliança de Coesão une aqueles que acreditam que a política de coesão da UE deve continuar a ser um pilar do futuro da UE. Para evitar cortes no próximo orçamento de longo prazo da UE e aumentar a consciencialização sobre o papel vital da política de coesão, a Aliança de Coesão foi lançada, inicialmente, pelas principais associações de regiões e cidades - a Associação das Regiões Fronteiriças da Europa (AEBR), a Assembleia das Regiões (AER), a Conferência das Assembleias Legislativas Regionais da Europa (CALRE), o Conselho dos Municípios e Regiões da Europa (CEMR), a Conferência das Regiões Marítimas Periféricas da Europa (CRPM) e EUROCITIES - e o Comité das Regiões Europeu, em outubro 2017. A Aliança pede que o orçamento da EU, após 2020, torne a política de coesão mais forte, eficaz, visível e disponível para todas as regiões da União Europeia. Desde o seu lançamento, a declaração da Aliança foi assinada por mais de 12.000 signatários individuais, 140 regiões, 137 cidades e condados, 50 associações de governos regionais e locais, 40 membros do Parlamento Europeu e 35 associações setoriais da UE.

Copyright © 2018-2021 ALRAM