Presidente do parlamento madeirense alerta população para a importância da prevenção do cancro colorretal

Share Image

A Assembleia Legislativa da Madeira associou-se ao Núcleo Regional da Liga Portuguesa Contra o Cancro e ao Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) na promoção de uma campanha que pretende alertar para a importância da prevenção e do rastreio do cancro colorretal. O edifício do parlamento madeirense...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa Mensagem do PresidenteMensagem do Presidente
Presidente do parlamento madeirense alerta população para a importância da prevenção do cancro colorretal
  • 2.jpg
  • 1.jpg
  • 3.jpg

A Assembleia Legislativa da Madeira associou-se ao Núcleo Regional da Liga Portuguesa Contra o Cancro e ao Serviço de Saúde da Madeira (SESARAM) na promoção de uma campanha que pretende alertar para a importância da prevenção e do rastreio do cancro colorretal. O edifício do parlamento madeirense ficará iluminado de azul até ao final do mês, como forma de chamar a atenção para a doença que afeta o intestino grosso e o reto.

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira lembra que a “palavra de ordem” é a prevenção. “Isso passa por rastreio. Cada um de nós deve ser responsável pela sua saúde, e só com rastreio, só detetando a tempo este tipo de cancro, é que podemos ter sucesso na sua cura”, alertou José Manuel Rodrigues.

De acordo com os dados da Agência Internacional para a Pesquisa Sobre Cancro (Globocan), no ano passado foram detetados 60.000 novos casos de cancro em Portugal, dos quais 10.501 de cancro colorretal. Todos os dias morrem, em média, 11 portugueses vítimas de cancro colorretal, sendo este o segundo tipo de cancro que mais mata no nosso país. A taxa de sobrevivência aos cinco anos é de 50%, mas se a doença for diagnosticada atempadamente a taxa de sobrevivência ultrapassa os 90%.

O Núcleo Regional da Liga Portuguesa Contra o Cancro refere ser preocupante a situação “das pessoas que têm cancro, mas que ainda não têm diagnóstico. A incidência do cancro não diminuiu, embora, aparentemente, estejam a ser diagnosticados menos casos, notando-se uma tendência para o diagnóstico em fases avançadas. Esta realidade surge não só pela dificuldade dos cuidados de saúde em terem tempo e espaço para fazerem uma adequada prevenção, informação e rastreios como também pelo próprio desconhecimento dos sinais de alarme e medo dos doentes em procurarem cuidados de saúde nesta fase pandémica”. 

Várias entidades, entre elas o Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, aderiram à campanha Março Azul através de mensagens que estão a ser partilhadas nas redes sociais, e que durante este mês pretendem sensibilizar contra o cancro colorretal, de forma a fomentar a adoção de medidas preventivas e de estilos de vida saudáveis.

Mensagem de José Manuel Rodrigues, Presidente da ALRAM (Vídeo)
Mensagem de José Manuel Rodrigues, Presidente da ALRAM (áudio)
Copyright © 2018-2021 ALRAM