Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira vinca que o direito à educação é um "direito inalienável" e lembra que “a desigualdade de saberes é a mais cruel”

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Manuel Rodrigues, esteve presente na sessão de lançamento do livro "A Escola é uma Seca", da autoria de André Escórcio, que teve lugar na tarde desta sexta-feira, no auditório do Museu da Electricidade da Madeira, Casa da Luz. A apresentação da...

XII Legislatura, II Sessão Legislativa PresidentePresidente
Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira vinca que o direito à educação é um "direito inalienável" e lembra que “a desigualdade de saberes é a mais cruel”
  • 1.jpg
  • 2.jpg
  • 3.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, José Manuel Rodrigues, esteve presente na sessão de lançamento do livro "A Escola é uma Seca", da autoria de André Escórcio, que teve lugar na tarde desta sexta-feira, no auditório do Museu da Electricidade da Madeira, Casa da Luz. A apresentação da obra contou com as intervenções de Valentim Remédios, professor, do padre Martins Júnior e do jornalista Nicolau Fernandes, este último no papel de moderador. 

Editado pela Lisbon Internacional Press, do Grupo Editorial Atlântico, o livro contempla uma série de artigos de opinião reescritos, publicados no Diário de Notícias da Madeira, e integra um texto redigido pelo Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, a convite do autor, sendo o prefácio assinado por Ricardo Miguel Oliveira, jornalista e diretor do Diário de Notícias da Madeira. "A Escola é uma Seca" consubstancia-se numa narrativa de tom provocatório, que pretende suscitar a reflexão em torno do atual modelo educativo. 

No texto que escreveu, José Manuel Rodrigues fala do direito à educação como um "direito inalienável", mas vai mais longe, afirmando que “mais do que um direito, a educação e a formação devem ser um almejo de todos”.  A este propósito, reitera que "a pior desigualdade que existe, a mais cruel, é a desigualdade de saberes e de conhecimentos entre cidadãos, pois esta leva a outras assimetrias no plano financeiro e no plano social, já que é sabido que as pessoas com mais habilitações são as que se integram melhor na sociedade, as que conseguem melhores empregos e as que têm melhores rendimentos". O líder do primeiro órgão de governo próprio da Região lembra que "a Madeira e o país deram passos significativos na educação nas últimas décadas", no entanto, defende que é imperioso continuar a combater o abandono escolar precoce e o insucesso educativo, “que são ainda significativos, quando comparados com os verificados nos países mais desenvolvidos”, nota, “apesar dos enormes progressos realizados nas últimas décadas”.

 

Sobre o autor da obra:

André Escórcio, professor, é licenciado em Ciências do Desporto e Mestre em Gestão do Desporto, pela Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa. Foi deputado à Assembleia Legislativa da Madeira, onde exerceu o cargo de presidente da Comissão Especializada de Educação. Em 1994, iniciou funções como vereador na Câmara Municipal do Funchal, tendo cumprido três mandatos. Foi, também, produtor e apresentador de vários conteúdos na RTP Madeira. 

Copyright © 2018-2022 ALRAM