Presidente do Parlamento madeirense apela à responsabilidade dos cidadãos

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa apela a todos os madeirenses para que cumpram as medidas de combate à pandemia da COVID 19 tomadas pelo Governo Regional. No comunicado emitido, hoje, José Manuel Rodrigues diz que “a situação é muito grave, com um grande aumento de infeções e de...

XII Legislatura, III Sessão Legislativa PresidenteComunicadoPresidente
Presidente do Parlamento madeirense apela à responsabilidade dos cidadãos
  • José Manuel Rodrigues.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa apela a todos os madeirenses para que cumpram as medidas de combate à pandemia da COVID 19 tomadas pelo Governo Regional.

No comunicado emitido, hoje, José Manuel Rodrigues diz que “a situação é muito grave, com um grande aumento de infeções e de internamentos, inclusive nos cuidados intensivos, que se não for travado poderá conduzir a um colapso dos serviços de saúde.

Assim, exige-se de cada cidadão a máxima responsabilidade para combater esta nova vaga da pandemia e salvaguardar a saúde pública”.

O Presidente do Parlamento madeirense salienta que “o tempo é de união e não de divisão, que lança dúvidas e gera revoltas, suscetíveis de afastar as pessoas do essencial, que é a defesa da sua saúde e de toda a população”, reforçando ainda que “o inimigo é o vírus e não qualquer um de nós”.

“O momento é de cumprir as orientações, de vacinação e de testar massivamente para evitar males maiores. Não podemos pôr em causa todo o trabalho realizado. O pior que podia acontecer à Madeira seria perder o controlo da situação e ter que decretar um novo confinamento, como está a acontecer em várias regiões e países Europeus”, escreve José Manuel Rodrigues.

“A pandemia já nos levou muitas vidas e já nos trouxe muitos custos e sacrifícios, e daí que a hora só pode ser de responsabilidade e de solidariedade.

Estou certo que mais uma vez os madeirenses estarão à altura do desafio e que juntos ultrapassaremos este momento difícil, tal como aconteceu em diversas ocasiões desta pandemia”, conclui o comunicado emitido.

Copyright © 2018-2021 ALRAM