Assembleia Legislativa da Madeira disponível para colaborar com o Museu de Arte Sacra do Funchal

Share Image

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira admite uma parceria com o Museu de arte Sacra no apoio a exposições e ao restauro. A possibilidade foi revelada durante a visita à exposição “D’Uma Estampa Antiga - Desenhos de Alfredo Miguéis para a Avenida do Mar”. “Parceria que poderá passar por...

XII Legislatura, III Sessão Legislativa PresidenteParlamento Mais PertoPresidenteVisitas
Assembleia Legislativa da Madeira disponível para colaborar com o Museu de Arte Sacra do Funchal
O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira admite uma parceria com o Museu de arte Sacra no apoio a exposições e ao restauro.
  • 1_Visita Exposição Alfredo Miguéis.jpg
  • 2_Visita Exposição Alfredo Miguéis.jpg

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira admite uma parceria com o Museu de arte Sacra no apoio a exposições e ao restauro. A possibilidade foi revelada durante a visita à exposição “D’Uma Estampa Antiga - Desenhos de Alfredo Miguéis para a Avenida do Mar”. “Parceria que poderá passar por diferentes colaborações. Uma das quais será o patrocínio da Assembleia Legislativa a algumas edições do Museu de Arte Sacra e à recuperação de uma pintura deste museu”, explicou José Manuel Rodrigues, acrescentando ser essa uma forma do Parlamento, enquanto direto representante do povo da Madeira e do Porto Santo e instituição primeira da Autonomia, ajudar aquele que é um dos museus de referência da Região Autónoma da Madeira, detentor da nossa memória cristã.

O Diretor do Museu de Arte Sacra do Funchal agradeceu o gesto e a visita. “Gostamos que as pessoas que representam instituições de máxima relevância da vida política regional conheçam o trabalho que se desenvolve aqui no Museu  de Arte Sacra, que para além da extraordinária coleção da exposição permanente, procura ter uma programação mais abrangente e que toque outras áreas conexas com o tema património”, vincou João Henrique Silva, defensor de uma “programação aberta, abrangente e em diálogo com a cidade”.

“D’UMA ESTAMPA ANTIGA. Desenhos de Alfredo Miguéis para a Avenida do Mar” foi uma exposição muito visitada, entre 30 de junho e 30 de setembro, e proporcionou uma instrutiva “revisitação de memórias e vivências da antiga “Avenida do Mar”, a partir dos desenhos de Alfredo Miguéis.

Nascido em 1883, na Madeira, e aqui falecido em 1943, Alfredo Miguéis, grande e esquecido pintor madeirense, foi um dos mais importantes discípulos de Columbano Bordalo Pinheiro, e expôs em Paris, em 1913, no famoso Salon des Artistes Français. A Sociedade Nacional de Belas-Artes premiou-o em pintura, em aguarela e até em desenho. Alfredo Miguéis deixou obra importante e muito apreciada, hoje patente no Museu de Arte Contemporânea (PORTO), na Câmara Municipal de Lisboa e no Museu Grão Vasco.

De regresso à Madeira, Alfredo Miguéis foi professor na Escola Industrial do Funchal, entre outros, com Henrique Franco e Abel Manta.

Esta exposição temporária do Museu de Arte Sacra do Funchal teve o apoio “técnico da Casa Museu Frederico de Freitas”.

O Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira elogiou ainda a nova dinâmica deste espaço museológico e a forma de “interagir, enquanto museu histórico que reporta à arte sacra de vários séculos”, com outras artes plásticas mais recentes”.

A próxima exposição temporária é dedicada a António Aragão, pintor, escultor, historiador, investigador, escritor e poeta madeirense e um dos maiores vultos da cultura portuguesa.

Visita do Presidente da ALRAM ao Museu Arte Sacra (reportagem vídeo)
José Manuel Rodrigues, Presidente da ALRAM (áudio)
João Henrique Silva, diretor do Museu de Arte Sacra do Funchal (áudio)

 

Copyright © 2018-2021 ALRAM